Em meio à ofensiva em Rafah, Israel propôs um cessar-fogo de um mês e meio em Gaza em troca da libertação de reféns.